Há cinco anos o ENEGEP investe em desenvolvimento sustentável.

A Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) é responsável pela organização do maior evento da profissão no Brasil, o Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP). Além de manter a programação científica atualizada e relevante, a associação também se preocupa com outros fatores, como o desenvolvimento sustentável.  Em 2014, a ABEPRO iniciou uma parceria com o projeto Iniciativa Verde para contribuir com a diminuição da poluição, principalmente aquela gerada pelo incremento de CO2 durante a realização de uma edição do ENEGEP.

Roberto Fuentes, assessor de eventos da ABEPRO comenta sobre a importância do projeto. “O congresso movimenta 2 mil pessoas a cada edição, o que resulta no incremento de emissões geradas pelo uso de transporte terrestre e aéreo, consumo de energia elétrica e materiais de consumo nos locais de realização. Só em 2013 foram contabilizados aproximadamente 4.800 kg de resíduos sólidos gerados no ENEGEP daquele ano. A partir disso, diversas políticas foram implementadas pela Associação para reverter a quantidade de resíduos e, portanto, na quantidade de emissões CO2 a cada edição” explica.

>> CLIQUE AQUI E ENTENDA MAIS SOBRE O PROJETO <<

Ao falar em resultados, Roberto explica como a iniciativa contribuiu com a diminuição da poluição.

“O selo Carbon Free, da Iniciativa Verde, contribuiu não apenas para melhorar e otimizar nossos processos internos, mas para conscientizar a congressistas e colaboradores a aplicar práticas sustentáveis e comprometidas com o meio ambiente. Por exemplo, na última edição do ENEGEP (2018) realizada em Maceió, a quantidade de resíduos sólidos diminuiu para aproximadamente 1.700 kg” comemora.

 Jéssica Campanha, gestora ambiental na Iniciativa Verde, enviou um e-mail com
agradecimentos e resultados da ação.

“Caro parceiro da Associação Brasileira de Engenharia de Produção, o seu projeto foi um dos financiadores dos 36 hectares de agrofloresta que o programa Carbon Free, da Iniciativa Verde, plantou na Amazônia. Agradecemos o apoio e a confiança de sua empresa.”

Além disso, a especialista passou dados otimistas para o futuro. “Os recursos que captamos com empresas como a sua estão fazendo a diferença na vida das famílias locais. E as agroflorestas irão retirar, ao longo de sua vida, 11.520 toneladas de carbono da atmosfera. É extremamente gratificante conseguir unir pontas e desenvolver projetos que promovem a sustentabilidade ambiental, social e econômica do Brasil.”

Ao receber o e-mail, a equipe ABEPRO ficou animada e
contente com os frutos da ação. É satisfatório saber que desde que participamos deste projeto, mais de 1000 árvores nativas têm sido plantadas em áreas de preservação da Mata Atlântica em compensação às emissões geradas nos eventos realizados desde 2014. Sendo que esta ação contribui diretamente no combate ao aquecimento global por meio da conservação da biodiversidade brasileira, manutenção do solo, água e clima, bem como à conexão de fragmentos florestais. Iremos pensar em outras medidas para melhorar os números e fazer do ENEGEP, a cada edição, um evento mais sustentável”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *